Dicas para reformar a instalação hidráulica – Parte II

1. Tubos e Conexões
Compre tubos hidráulicos e conexões adequadas, para evitar que o encanador use a técnica de derreter parte dos materiais para fazer adaptações.

2. Cuidado com os excessos
O excesso de conexões pode diminuir a pressão da água, criar pontos de obstrução e causar vazamentos.

3. Padronize sua reforma
Use tubos hidráulicos, canos e conexões de um mesmo fabricante, de preferência Amanco. Isso vai possibilitar uma reforma padrão e evitar problemas de encaixe.

4. Evite perdas
Para evitar perdas, quebras e desperdícios, guarde os materiais em local arejado. Além disso, as conexões devem ser acomodadas em caixas e os tubos precisam ficar na posição horizontal.

5. Siga as medidas
Procure respeitar as medidas do projeto e priorize o espaço de circulação na hora de instalar vasos e pias.

Dicas para reformar a instalação hidráulica – Parte I

1. Planeje a disposição dos ambientes da casa
Uma boa maneira de economizar na reforma da instalação hidráulica é planejar a disposição dos ambientes. O ideal é que a área de serviço, banheiro e cozinha fiquem próximos, pois assim você reduz consideravelmente os gastos com canos, tubos e conexões.

2. Não abra mão de um bom projeto hidráulico
O projeto hidráulico não é um luxo, é uma necessidade para conduzir a reforma da instalação hidráulica da melhor maneira possível. Um bom projeto hidráulico aponta a altura de cada cano, o diâmetro dos materiais, o local das instalações e até as marcas mais recomendadas para o trabalho. Através do projeto, dá para planejar onde existe espaço para instalar torneiras, privadas, lavatórios e chuveiros.

3. Contrate bons profissionais
Contratar um encanador de confiança e com experiência suficiente para executar o projeto pode fazer toda a diferença na reforma de suas instalações hidráulicas. Lembre-se que não basta comprar materiais de boa qualidade, se não houver uma pessoa de confiança para instalá-los.

4. Troque materiais antigos
Se as suas instalações forem muito antigas, o mais indicado é trocar os velhos tubos de ferro pelos tubos de PVC. Vale destacar que os tubos de ferro podem causar infiltrações e até mesmo fornecer água contaminada e avermelhada, em decorrência da ferrugem.

5. Coloque um registro para cada ambiente que tiver água
Em cada cômodo onde houver pontos de água (cozinhas, banheiros, área de serviço), você deve instalar um registro específico. Desse modo, se acontecer algum problema, é só obstruir uma parte e você não ficará sem água na casa inteira.

5 coisas que você não pode ignorar ao reformar sua hidráulica

A hidráulica de qualquer imóvel pode ser fonte de dor de cabeça, mas não precisa ser assim. Prestar atenção a detalhes simples pode fazer a diferença e evitar que o projeto precise ser refeito ou até mesmo tenha futuros problemas devido a má instalação.

1. PENSE NA DISPOSIÇÃO

A primeira coisa a se pensar antes de sair quebrando as paredes é a disposição de cada um dos cômodos. Eles não precisam ficar todos grudados pela mesma parede, mas é preferível que banheiros, área de serviço e cozinha fiquem próximos para facilitar a instalação hidráulica. Isso ajuda a economizar na instalação, pois o uso de canos e conexões será bem menor.

2. APOSTE EM UM PROJETO

Nada de começar a obra sem ter em mão um projeto hidráulico. É ele que irá definir o local de cada cano com informações de altura, diâmetros, material e, em alguns casos, até as marcas a serem compradas. Com seu projeto hidráulico também é possível planejar os espaços para instalar lavatórios, torneiras, chuveiros e privadas.

3. CONTRATE UM ENCANADOR

Seu tio até pode ter boas intenções, mas se ele não entende e não trabalha com hidráulica definitivamente não é a pessoa mais indicada para executar esse trabalho. Contrate um encanador experiente para o trabalho. Não adianta investir em materiais de qualidade se forem instalados errado. Os fabricantes oferecem garantia para defeitos de fabricação, e nunca, contra defeitos de execução.

4. MENOS É MAIS

Quanto menos conexões forem usadas na sua obra, mais chances existem de evitar algum tipo de problema na hidráulica. Usando poucas conexões, a pressão da água diminui e evita o aparecimento de pontos na tubulação que acumulam água e ar, causando vazamentos. Fale com seu arquiteto, empreiteiro ou encanador sobre o assunto e veja as possibilidades.

5. COMPRE TUDO DA MESMA MARCA

Quando for a hora de sair às compras, compre as conexões e tubos da mesma marca. Essa é uma das melhores formas de evitar folgas e encaixes mal feitos entre os tubos, além de reduzir riscos de vazamentos e futuros gastos com reparos e substituição de peças.

Ao ficar atento a esses detalhes, fica bem mais fácil trabalhar na hidráulica do seu imóvel. Buscar economia de verdade começa com um investimento em materiais e profissionais de qualidade, afinal, ninguém quer entrar pelo cano, não é mesmo?